quarta-feira, 6 de junho de 2007

Fortaleza da Alma


Tive um problema grave quando morava em Goiás. Já estava com a visão muito prejudicada e porisso não ví um pedaço de vidro no chão de casa quando brincava com meus cachorros no jardim. Devido a falta desensibilidade nos pés, não percebi o ferimento.
Alguns dias mais tarde,comecei a sentir intensos calafrios e aquilo foi se agravando, ao ponto de começar a delirar durante a febre que me acometeu.
Levado ao Hospital, fui internado e começaram a me dar antibióticos fortes para poder combater aquela infecção. Tendo ficado em observação naquela noite, no dia seguinte um dedo do pé amanheceu necrosado O recurso dos médicos foi intensificar as doses de remédio na tentativa de salvar o pé. Minha família, os amigos e os irmãos da igreja estiveram em oração durante aquelas horas de imensa aflição e profundo temos.
Os medicamentos acabaram por conprometer irremediávelmente a sutação dos meus olhos e a integridade da retina, provocando diversos sangramentos. Lembro´me de sentir muito carinho de todos que estavam a minha volta, suas orações e clamores para que minha vida fosse preservada, pois o quadro caminhava para uma infecção generalisada.
Após diversas tentativas, o médico vascular se reuniu com outros e com meus irmãos edisse que a única alternativa seria a amputação de parte do pé, para interromper o avanço da necrose e para que a infecção não se propagasse para outros orgãos vitais. Sei que ouve uma consternação profunda naqueles momentos difíceis dos quais tentavam me poupar com sedativos. No dia seguinte o outro dedo também apareceu totalmente preto e este foi enfim o sinal para a amputação. Fui levado a sala de cirurgia e retiraram parte do meu pé esquerdo. À partir daí, os remédios começaram surtirem efeito e a infecção foi debelada em 2 dias.
Recebí muitas visitas naquele quarto de hospital, meu pai foi me visitar de cadeira de rodas e pegando na minha mão orou por minha vida e pela preservação da minha integridade emocional. Meu amigo Fernando foi de Santos até Goiás para me ver e toda a comunidade que frequentávamos naquele local, esteve intercedendo por minha pronta recuperação.
Mesmo dopado , minha mente não desistia de lutar, Tinha passado por uma árdua batalha e saira vivo, ainda que meio avariado. Minha fé no socorro bem presente na hora da aflição posto em Deus, fortaleceu meu espírito abatido e o consolo do Senhor da minha fé refrigerava minha alma. Deus foi minha força na angústia, livrou-me da morte eminente e preservou minha sanidade.
Quando faziam os curativos no meu pé, minha esposa acompanhava tudo de perto, querendo aprender como ela teria que fazer, depois que eu saisse do hospital. Deus também providenciou um coração valente para a Vivian, uma jovem forte e com contúdo na alma, que o Senhor usou para me acalentar os dias após aquela perda.
Por causa da diabétes extremamente descontrolada agravada pelo uso daqueles antibióticos,anti-inflamatórios e anti-coagulantes, poderiam ser o primcipal fator pela não cicatrização do ferimento, ainda havendo o risco da progressão da necrose.
Quiz o Senhor que eu pudesse sair daquele vale de sombra da morte e me recuperasse entre meus queridos. Onde não havia carne surgiu carne, onde não havia pele cresceu a pele e em menos de um ano, meu pé havia fechado sem maiores complicações.
Não há nenhum mérito em mim, porter resistido aos intensos bombardeios do inimigo para com minha alma, contra minha fé, pois os o Senhor compensou a tristeza da perda peloganho de Sua graça e misericórdia. Conto este episódio hoje com muita tranquilidade, esperando que a experiência da fé possa ajudar aqueles que tendo, olhos,pés e saúde, não glorificam o Deus que a todos abençoa, inclusive com toda sorte de bençãos espirituais.
Não há força em mim,mas a força que tenho, vem de Jesus, o autor da minha esperança e fé.

GERSON

Um comentário:

Secretaria.efam disse...

Gerson, o Senhor é contigo! Ler as coisas que vc escreve me traz certeza do quanto vale a pena servir e conhecer ao Senhor. Ele é fiel e Ele te escolheu pra escrever palavras boas, palavras que traz a verdade de que Deus é real e de que no vale da sombra e da morte Ele nos carrega, traz não só alento, mas milagres, testemunho vivo do quanto de que Ele está vivo, Ele não nos abandanará nunca, nos trará vitória,Ele cuida.
Você é um homem de Deus, provado e aprovado. Que DEus te abençoe muito. Um abraço de todos daqui. Amamos vc! Wania, Mario, David, Jonatas e Noemi