quarta-feira, 18 de novembro de 2009

VOCÊ TAMBÉM TEM IMPORTÂNCIA NO ESQUEMA ETERNO DE DEUS, viu?


Um homem sujo e maltrapilho fazia de um recorte em uma parede alta de concreto armado o seu lar. Ali, naquela reentrância do paredão frio ele havia forrado as paredes de papelão catado no lixo da cidade. No chão duro ele colocara um curto cobertor igualmente catado entre as coisas desprezadas pelo povo da cidade. Ele cuidava daquele espaço com todo zelo que era possível para alguém na sua situação. Havia trincas e rachaduras no paredão por onde ocorria muita infiltração de água e que ele fora fechando com pequenas pedras e restos de material de construção que conseguia nas obras perto dali.

Uma certa noite, houve um temporal na região toda. Choveu em poucas horas uma quantidade estimada para muitos dias e aquilo causou muitos estragos pela cidade.

A Defesa Civil visitava as casas, vistoriava os morros e inspecionava tudo em busca de sinais de perigo e riscos para os cidadãos locais. Ao lado da cidade, havia uma grande represa que armazenava água de um lago que alimentava uma usina hidroelétrica que abastecia a região de energia.

Logo pela manhã seguinte do dia daquele temporal, uma equipe de engenheiros da usina saiu para vistoriar a represa. Ao chegarem na base do paredão da represa, encontraram aquele homem maltrapilho todo encolhido de frio, molhado e assustado, enfiado naquele recorte do paredão da barragem.

O engenheiro chefe mandou que sua equipe o retirasse dali e ao fazerem isso, e retirarem os papelões que forravam as paredes, ficaram assombrados como o que puderam constatar. As trincas e as rachaduras que minavam água de dentro da represa, haviam sido estancadas por pequenas pedras e restos de material de construção, socados ali pelo mendigo.

Imediatamente a equipe providenciou o reparo necessário e apropriado para conter a pressão que a água do lago exercia sobe aquelas fissuras, prestes que estava de se romper e inundar a cidade.

Aquela situação crucial foi levada ao conhecimento das autoridades locais que agradecidas, prepararam uma homenagem àquela valorosa equipe de engenheiros que salvara a cidade. Durante o ato, o prefeito foi entregar a chave simbólica da cidade ao engenheiro chefe da equipe e este pediu, por sua vez para que fosse homenageado um certo cidadão das ruas, que ao fazer zelosamente a manutenção da sua "casa" evitara que a barragem se rompesse anteriormente. Assim o mendigo recebeu um reconhecimento inesperado da cidade que até então não o acolhera com humanidade.

Aquele homem já maduro, vivera sua vida inteira praticamente com os restos desprezados daquela comunidade e vivera até ali apenas para salvar um povo que jamais o enxergara antes.

Isso é na verdade uma ilustração em que eu gostaria que a gente se debruçasse e retirasse dela uma reflexão espiritual de significado extremamente proveitoso.

Por vezes muitos de nós, não entendemos os sacrifícios, as humilhações, os fracassos, as dificuldades, as coisas que julgamos por injustiça; questionamos os motivos pelos quais nascemos, viemos ao mundo para sermos inúteis e desprezados. Perguntamos as razões de Deus para nossa falta de sucesso e prosperidade. Trabalhamos dia após dia com o suor da honestidade e observamos o ímpio, o corrupto prosperar a olhos vistos.

Questionamos novamente a generosidade de Deus e seu modo de agir para com os humildes e fragilizados, com aqueles que não tem sobre si, qualquer tipo de proteção social.

Na verdade, de uma maneira ou de outra, em diversos níveis, todos nós acabamos procedendo dessa forma, pressionando o Senhor para que se explique, não é assim que muitas vezes agimos com Deus, hein?

Muitas vezes levantamos nossa insatisfação com as nossas aparências e comparamo-nos com outros, quais achamos serem melhores, maiores, mais bonitos, mais fortes, mais interessantes, de maior sucesso, mais ricos, mais admirados, mais privilegiados pelo Criador. Assim alguns não encontram significado em suas existências e se acham menores e sem qualquer valor. "Não temas, quando alguém se enriquece, quando a glória da sua casa se engrandece. Porque, quando morrer, nada levará consigo, nem a sua glória o acompanhará."

São mistérios dos céus, soberania do Altíssimo e estratégias divinas que não compreenderemos. Como entender e aceitar que Deus é como um oleiro, um artífice que produz vasos de todos os tipos conforme sua onisciência. Como aceitar que Ele faz, desfaz ou destrói e simplesmente refaz algo que Ele mesmo criou do nada?

Crendo ou não;
Entendendo ou não;
Nada vai alterar o que foi posto no coração de Deus na eternidade, a não ser...
A não ser quando aceitamos essa soberania e nos rendemos a Sua vontade, e aceitando assim Seu julgo suave e Seu fardo leve disponibilizados em Jesus.

Existirão batalhas a serem lutadas e sacrifícios naturais para todos que abraçam, escolhem o bem. Mas haverá recompensas. Sim, seja elas vistas ao olho humano ou invisíveis a ele, elas terão impacto transformador na vida daquele que a receber. Seja a nossa vida um sucesso frequente ou seja ela um fracasso aparente, se estivermos dentro, no centro da vontade do Pai, no momento certo, todos nós seremos exaltados para a honra do Senhor.

"Porque, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados. Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; Para que nenhuma carne se glorie perante ele."

Assim, amados que entendem o mistério nessas palavras, se consolem na esperança de que há um propósito de paz sobre as nossas vidas que em tempo oportuno será revelado dentro da estratégia do Senhor.

Que isso lhe seja de conforto como o é para mim, pois eu sei em quem tenho crido e sei também que Ele tem todo o poder para guardar minha existência até o momento de ser revelado em mim o seu propósito.

Enquanto nós esperamos isso, somos aperfeiçoados através das adversidades e das limitações. Talvez maltrapilhos maltratados por uma sociedade perdida e de valores invertidos. Quem sabe forjados por muitas aflições, dores e enfermidades no corpo. Não importa, todos os propósitos de Deus serão cumpridos em nós e nas gerações após as nossas.

Mas saiba e creia: VOCÊ TAMBÉM TEM IMPORTÂNCIA NO ESQUEMA ETERNO DE DEUS, viu?

2 comentários:

Sônia Brandão disse...

Deus ama a todos os seus filhos. O homem é que não sabe amar indistintamente a todos os seus irmãos.
Muitas vezes aqueles que são desprezíveis aos olhos dos homens são grandes aos olhos de Deus. Mas nós somos cabeças duras e demoramos a perceber isso.

bjs

Lidia disse...

Olá amigo!Sim,como dizes nós todos temos a nossa parcela de importância para povoarmos o céu! Só que muitos de nós estamos voltados para nós mesmos e deixamos o tempo passar às vezes com "coisas" tão insignificantes e esquecemos a nossa missão principal>>>cuidarmos para que cresçamos e deixemos que o Espírito Santo transborde em nós o Seu Amor e Compaixão pelas almas que estão a se perder.Precisamos acordar e rápido, pois muitos têm perdidos suas vidas sem o conhecimento da Verdade que Liberta>Jesus.
Deixemos o Amor de Cristo nos encher de Misericórdia e façamos a nossa parte enquanto é dia, e o meu dia e o seu é hoje!
Bjs!