quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

TAPANDO O BURACO DO METRÔ

PSIU ... PSIU!

Ô Cara, ...
Sim, é você mesmo.
Ia passando sem dar uma olhadinha aqui hein?
Disfarça não! Não adianta fazer essa cara de quem não tem nada com isso, viu?

Vem cá, mano. Se liga aí!

Vi que você anda muito estressado, sem paciência alguma; ansioso demais.
Não sei com certeza, o que está te afligindo; o que te angustia tanto,
mano. Tenho porém, uma boa idéia do que você está sentindo.

Olha só...
Todo mundo passa, passou ou um dia vai passar por algo semelhante, não é
portanto, privilégio seu.
Esse vazio existencial, esse buraco de metrô no peito, esse desânimo na
alma...
Sim, já vi e já senti todos esses sintomas.

Pois é meu camarada, não é mole não! Sobre as nossas mentes existe uma
pressão orquestrada e colossal para nos afligir, nos angustiar e nos deprimir a alma.
Senão vejamos :
Ganhar seu espaço em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo,
tá dureza, né? E manter-se nele então? Cheio de "colegas" de olho na sua
cadeira, hein? Não dá nem prá tirar férias tranqüilo, né?

Salário "minguado", suado que mal você recebe, foi-se! Parece que os
dias do mês dobraram.

As coisas lá em casa não estão lá "romeu e julieta", pelo contrário, tão
mais prá "entre taapas e socos", né não?
Ainda mais aquele cunhado folgado "na cola", hein? Ninguém merece.

Trânsito do "capeta" na ida e na volta do trabalho; da faculdade; do
supermercado; apenas ingredientes combustíveis para aumentar a
angústia na alma.
É meu "chapa, né fácil não. Mas o que foi descrito ai prá
trás, acontece com milhares e milhares de pessoas, todos os dias, o dia
todo." Pois todos estamos sujeitos ao que vem pelai.

Os consultórios de psiquiatras e terapeutas estão cheios. Gente aflita e
deprimida.
Os laboratórios faturam "aos tubos" em cima de medicamentos contra 'stress'
e seus derivados.
Os livros de auto-ajuda abarrotam prateleiras de
livrarias e bancas de jornais.
As clínicas de repouso lotadas de "napoleões e cleópatras", desajustados e desatinados, que acabaram
rompendo os limites da razão.
Jovens, adolescentes sem esperança, enfiados em "viagens
alucinógenas". Perdidas, invadidas, violadas,
prostituídas...mortas prematuramente, ceifadas de amanhãs.
Balas perdidas "riscando os céus" das cidades, encontrando corpos inocentes, alojando-se impunes e
retirando-lhes a existência.
Mandos e desmandos daqueles que foram elevados a
autoridade e se descobrem podres, nuz, com "suas caras e bundas
brancas, ventilando nas janelas" palacianas, impunes e arrogantes.
E aí, a imprensa mercantilista, veicula a cada instante, tragédias e mais
tragédias, apresentam em seus horários "nobres", cenários
apocalípticos, estatísticas escatológicas, que longe de informarem,
ou tranquilizarem a população, ampliam o estado de pânico no inconsciente coletivo.

Sabe, meu camarada, certa vez, um homem de alma pura, misericordioso e
cheio de amor pelas pessoas, tipo "sangue bom"! Disse e ficou
registrado :
-"No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o
mundo".
Ele é JESUS, o Filho de DEUS,O "Sangue bom" dele, derramado em uma cruz de "pau"
é o que pode lhe dar vida com abundância.
Se liga nisso!
As lutas, dificuldades, enfermidades, tragédias, pestes, fomes,
misérias e tudo que é maldade humana, vão estar à volta, como sempre
estiveram, ao longo da trajetória humana nesse planeta;
Mas, se você aceitar que esse JESUS, preencha esse vazio
existencial, esse buraco do metrô, que você tem no peito, deixar que o
"seu sangue bom" o lave de toda a sua iniqüidade, então "meu chapa"
será liberto do pecado, salvo da condenação da alma e renascido para a
esperança e alegria eternas.

Ele disse, e está registrado na palavra de DEUS :
-"Vinde a mim todos vós que estais cansados e oprimidos e EU VOS ALIVIAREI."

Pois então tá aí, mano, uma alternativa incrível e definitiva para a
minha vida, a sua e a de "todo aquele que crer que JESUS é SENHOR e Salvador."

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho
unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a
vida eterna.
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que
condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.
Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está
condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus."

É isso aí mano. Tá vendo como foi bom dar uma paradinha por aqui, no
meu blog, foi bom não foi?
Tava aí de bobeira e de repente lhe aparece a oportunidade de dar aquela
virada geral, fazer uma conversão de 180 graus na sua vida?
Então, "Bóra lá", aceita JESUS aí, no seu cantinho mesmo. Dá uma chance
prá você mesmo, que tal?

Deixa prá amanhã não, meu camarada. Deixa não!
Hoje JESUS quer te libertar dessa angústia e "tapar esse "buraco de
metrô" no seu coração."

Vem prá JESUS você também!

Um comentário:

Eliana disse...

Realmente nunca vi tanta coisa negativa.
Trabalhadores sendo mandados embora do dia para a noite, depois de 30 anos suados e de dedicação.
Jovens perdidos, maduros stressados,todos na base dos calmantes, desde chá de camomila a tarjas pretas.
É a tal globalização, o capitalismo desvairado.
A política do ter e ter, cada vez mais esquecendo-se o SER.
Mas de uma coisa tenho plena convicção quem não tem FÉ, não confia em Deus está perdidinho.
Sem Fé, e um mínimo de esperança, a coisa fica preta desespero.
Mas este sentimento em acreditar-se no que não se vê, a FÉ, muitas vezes desconhecida para muitos é o analgésico mais forte existente para as doenças do mundo moderno.
a FÉ associada a bons médicos, bons amigos, supera aos poucos as frustações do cotidiano.
E vamu que vamu como diz Gilberto Gil, ..com Fé eu vou a a Fé,não costuma faiá!!!abraços.