terça-feira, 3 de abril de 2007

Gato por lebre...


Logo que nos casamos, Vivian e eu, fomos morar em minha antiga casa. Eraum dobradinho que tinha um pequeno quintal na lateral. Ambos nutriam o desejo de termos um cachorrinho de estimação e achamos que ficariamuito legal naquele espaço da casa. Num belo e "inspirado" dia de verão, sol quente fritando os miolos do casal, entramos no Shopping e na vitrine do pet shop, lá estava ele. Com aquela "vastíssima experiência"em identificar raças de dogs, logo nos encantamos com um lindo cãozinhopeludo de côr cinza e olhos azuis. Disse eu cheio de certeza: É um legítimo cocker spaniel americano, raça dócil e de médio porte. A minha esposinha muito alegre, aos pulinhos de felicidade disse: Eu quero! Maridinho apaixonado, cheio de vontade de agradar e sensibilizado pelo cãozinho que ficava nos olhando em pé na vitrine, arranhando o vidro; não resistí e comprei. Embalados por aquele momento tão terno, ainda compramos vários acessórios para porte médio. Depois de tudo feito,vacinado e vermifugado, o "especialista aqui dignou-se a perguntar ao veterinário, cuidados especiais que deveríamos ter com o pequeno e dócil cocker spaniel americano legítimo de olho azul. PASMEM queridos e pacientes leitores... pasmem! O veterinário deu aquele sorrizinho nojento e no alto de sua insuportável sapiência decretou: O senhor adquiriu um legítimo WEIMAIRANNER ! Bom, queridos atônitos e estupefatos leitores, também fiquei com esta cara de manga mal chupada.
Claro que para não pagar um mico maior e nem passar atestado de anta, enfiei o rabo entre as pernas e saí latindo bem baixinho. Compramos um monte de literatura a respeito daquela até então desconhecida raça e surpresa...! Havíamos comprado um animalzinho de grande porte, que adulto aos 2 anos, poderia atingir entre 40 e 70 kilos. A essa altura já tínhamos nos apaixonado pelo NATÃ. Aos 7 meses ele comeu sua casinha de madeira, imaginem nossa alegria. Mas meus gentís amigos, não paramos poraí, não...disse-me minha amada esposinha: QUERIA TANTO QUE O NATÃ TIVESSE UMA COMPANHEIRA! Creian-me , resistí bravamente, lutei com toda aquela argumentação e estóica determinação. Uma semana após estava presenteando minha esposinha e leal amiguinho com uma linda, pequena e dócil WEIMARANNER , a nossa Rebeca. Queridos e catatónificados leitores, é a mais pura verdade aquela máxima popular; Um e pouco dois é bom e eu era feliz e não sabia. Brincadeiras à parte, vivemos dias muito felizes apesardo casal de gigantes comerem um saco de 15 kilos de ração por semana.
Tivemos que deixa-los para trás em Goiás e uma fazenda, quando fiquei doente. Sentimos até hoje saudade de nossos "cãezinhos" e para compensar, compramos uma linda YORKSHIRE tamanho mini, UFA! desta vez me informei de tudo, tudinho mesmo, trocamos dois de 50 kilos cada por umade 2,5 kilos. Moral da história: Nunca compre gato por lebre, nem se o gato tiver lindos olhos azuis.

Um comentário:

eliana disse...

Desconfie de quem não gosta de animais, de crianças e flôres..ouvi de alguém..
Ouvi outro dizer..não somos nós que escolhemos os animais, eles nos escolhe..
São anjos enviados a nós.Meu maridão me liga da feira local e diz:Tem uma cachorrinha aqui na feira para adoção, ela olha tanto para mim..pronto ela já o tinha adotado..(ele queria me suprir da dor de ter perdido a "Sakura" atropelado).Daí pra frente só alegria..a "Charllote "se achando",comeu três rodos, dois baldes,minhas queridas plantinhas (uma vinda do Japão).terras por toda parte,roeu cano do tanque,porta,parede,fez uma textura nos arranjos das plantas,abalou as estruturas da coitada plantinha f`lôr de maio,etc..etc...
Confesso que me senti,sobre forte pressão em dar um sumiço nela.Mas o amor falou mais alto, quando ela me olhou com aquele olhar "carente",querendo dizer desculpe-me, e está até hoje aprontando.Amor aos animais é genético, hereditário..Freud explica...mas me acompanham desde a infância.O amor bom, sem cobranças, um afago,uma atenção..e tudo entra nos eixos...Quando se vão fazem falta..mas Deus tem o cantinho delas lá....CÃES SÃO TUDO DE BOM...APESAR DE TODOS OS PREJUS....