domingo, 4 de julho de 2010

AO FINAL DO ARCO-ÍRIS NÃO HÁ POTE DE OURO


"Porque eu, o SENHOR teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo." (Is. 41:13)

Somos imediatistas em tudo que fazemos e esperamos.
Queremos o produto da vide sem ao menos plantar uma videira.
Queremos o pão nosso de cada dia, gostoso e quentinho sem ao menos semear o trigo.
Esperamos o reconhecimento diferenciado do nosso trabalho oferecendo um rendimento semelhante ao de todos os nossos colegas.

Imaginamos alcançar a felicidade no amor sem dar em troca o compromisso e a dedicação que esse sentimento exige de ambos.
Tudo tem o seu preço, mesmo quando se recebe de graça.
Tudo tem seu próprio custo, e nada vem de mão beijada.

Nada é por si só de menor valor que não se mereça investir algum tempo; algum esforço e dedicação. Apesar de todas as coisas que precisamos, já estarem disponíveis na natureza de maneira farta e graciosa, fazer uso delas demanda alguma transpiração e responsabilidade também. Sim, porque é para todos e não para alguns.

Somos imediatistas porque somos igualmente egoístas.
Queremos para agora, aquilo que não pretendemos dividir com mais ninguém depois.
Cobramos gentilezas enquanto oferecemos asperezas.
Gostamos de ouvir quem nos elogia sem nos importar se retribuímos com grosseria.
Apreciamos ser alvo de atenção e amizade, mas em contrapartida devolvemos com generosidade?

Vivemos uma fantasia de que somos o centro das coisas e tudo o mais gira em torno da nossa vontade e desejos. Claro, fantasia porque a vida não é uma estrada linda, iluminada pelo brilho das cores de um arco-íris, que "não importa como andarmos" por ela, ao fim sempre haverá um pote de ouro nos esperando.

Não! Isso é ilusão.
Não há tesouro ao final do arco-íris, viu!
Não há prêmio sem merito.
Não há vitória sem sacrifícios na luta.
Não há conquistas sem esforço e compromisso.
Não se consegue tudo isso sozinho também.
Não dá não!

Se não plantarmos no tempo certo, perderemos a semente no paiol.
Se não semearmos em solo fértil, nosso produto será minguado.
Se perdermos o tempo de colher nosso inverno será de fome.
Nada está pronto por si só. Tudo está para ser descoberto, extraído, manufaturado, construído, e então, usufruído.

Mesmo o que nós cristãos apregoamos aos quatro cantos redondos do planeta, que há salvação da alma, que vem através de Jesus o Cristo de Deus, é de graça, refere-se a parte espiritual, pois na vida material, do dia a dia do salvo, demanda extremo esforço, compromisso e em muitos casos, muito sacrifício o seguir esse Jesus.

Temos a garantia de que o Senhor vai a nossa frente, aplainando o terreno e abrindo caminhos onde não há caminhos, mas a parte disso, Ele mesmo nos manda andar, esforçar e ter bom ânimo, ou seja, fazer a parte que nos cabe.

Somos demasiadamente apressados pois antes mesmo de fazermos a parte que nos cabe nesse contrato de sangue, nessa aliança eterna, vivemos esperando que Deus faça a parte dele primeiro. Vivemos lembrando o Senhor, de todas as suas promessas como a querer trazer à memória de Deus seu compromisso conosco, gratuitamente firmado em seu Filho Jesus.

Jesus pagou alto preço por nós. Fez para que fossemos libertos da escravidão do pecado que nos consumia a existência terrena. Ele fez isso por Graça e não de gratis. Pagou com seu sangue de valor inestimável.

Há verdades na sabedoria popular que diz: "DEUS AJUDA QUEM CEDO MADRUGA." Pois é assim que o é mesmo. O que precisamos fazer Deus não o faz; apenas ajuda, e o que nos é impossível, Ele o faz para a nossa alegria. Não há nenhuma fantasia nisso.

Portanto não espere encontrar ao fim do arco-íris seu pote de ouro, pois não há tesouro algum lá. Todo o tesouro que há nessa vida é conquistado com trabalho, esforço, paciência, dedicação, perseverança, compromisso, e muita fé na ajuda de Deus. Ele sim, é o nosso Tesouro, e está onde nem traça, nem ferrugem, nem assaltante e nenhuma outra força de criatura alguma pode retirar de nós, os que esperamos no Senhor.

"Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça." (Is. 41:10)

"Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares." (Js. 1:9)

Que todas essas palavras de promessas encorajem o seu e o meu coração, e nos façam lançar nossos pés no Caminho com Confiança e Esperança no Criador que colocou no céu, um arco-íris para nos lembrarmos da sua Aliança conosco. É para isso que está lá, esse sinal à vista de todo olho. DEUS é Fiel!

Um comentário:

Marco Muratori Imóveis - Bruna Reis disse...

Olha hoje essa palavras me cairam como uma luva, realmente somente Deus mesmo, somente pelas mãos d"Ele!!! Que Des te abençoe e te ilumine cada dia mais!