segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

ESSA É A MINHA VIDA, OU É A SUA?

"Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido." 1 Coríntios 13:12

Apenas não sei, se a vida que me coube viver, é a vida que caberia ser vivida por outro. Se assim o for, quero, a ti, pedir perdão.

Não usurpei sua existência, nem acabei sonhando os sonhos que seriam seus. Não roubei os amigos da sua infância, muito menos a maravilhosa família que desejarias ter tido. Não vivi o que terias amado viver; grandes amigos e amores também. As frutas que comi, frescas e doces, algumas ainda colhidas no pé; aquele doce de ovos e leite condensado... Ah! Você teria amado se lhe coubesse viver, a vida que vivi, se a tivesse vivido por mim.

Quero te pedir perdão, por ter conhecido tantas pessoas incríveis e em seu lugar, compartilhado de seus segredos e tantos desejos. Perdão por ter sido amamentado nos seios, daquela que poderia ter te gerado; sua mãe. Você a teria amado, como eu a amo. Ter jogado tantas "peladas", naquele campinho de terra batida, em frente a casa que teria sido de sua linda e amorosa família.

Não tenho palavras agora, para me desculpar com você, por ter amado as mulheres que poderiam ser as suas. Ter sido amado com aquela paixão que caberia a você ou talvez, não! Me desculpa por ter ganho aqueles empregos, nos quais, você, quem sabe, teria prosperado e obtido muito sucesso.

Mas eu não roubei a vida que caberia, talvez, a você viver. Não saqueei seus ideais, as convicções e engajamentos políticos pelos quais, você teria militado. Me perdoa pelo mal jeito com que tratei as coisas que você, certamente, teria cuidado com o maior zelo. Me desculpa por ter feito a faculdade e cativado os colegas, que você teria amado fazer e cativar.

Mas eu também passei, pelas angústias, dores, tristezas e muitas aflições, das quais, com toda certeza, você teria desejado nunca ter vivido. Mas nem essas tribulações, modificaram minha disposição de viver essa vida e ter sido provado, talvez, em seu lugar. Porque em todas essas coisas, me sai bem, e tenho me saído, "mais que vencedor, por meio daquele que me salvou". Ele teria salvado você também, caso a vida que vivo agora, fosse a sua vida.

Talvez até, tivéssemos sido muito amigos, íntimos, até quem sabe, de infância; se a vida que eu vivi, coubesse a você viver.

Mas tenho que ser sincero contigo. Eu não me arrependo de ter vivido tudo aquilo, que talvez, tivesse sido preparado para você. Não me envergonho, se assim tivesse feito, de ter usurpado a existência , cheia de aventuras, que poderia ter sido sua. Só posso agradecer, por ter podido viver o que vivi. Ter experimentado os sabores, aromas, calores e amores, sensações e suores, carinhos e favores, tolices e valores, percalços e até dissabores.

Agradeço a DEUS, por tão sabiamente, ter-me dado a vida boa que não merecia viver. Agradeço a DEUS por sua bondade e misericórdia em ter me dado a oportunidade de chegar até aqui; ás vésperas de completar o meu "primeiro" meio século de vida.

Não sei onde você pode estar agora, não sei se você foi tão feliz quanto eu tenho sido, mas aproveito para te desejar agora, já e antecipadamente, FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Ainda que você sequer tenha existido e fosse apenas o meu "alter ego", companheiro da minha reflexão, fico meio assim, como que sonhando, ao olhar o caminho que me trouxe até aqui. Sendo você ou eu mesmo, agradeço a DEUS por todo bem que "nos" tem feito. Logo logo, eu e também "você", estaremos comemorando nossos cinqüenta anos, sob a graça e a misericórdia, daquele que tudo sabe, pode e faz; sem que haja qualquer sombra de engano ou erro.

A DEUS, toda a glória, por todo bem que me tem feito e teria feito a você, caso a vida que eu vivo, tivesse sido a sua. Glória a DEUS, por ter sustentado o meu fôlego de vida, por esses cinqüenta curtos anos. Aleluia!

"Eu te louvarei, porque de um modo assombroso, e tão maravilhoso fui feito; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem. Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui feito, e entretecido nas profundezas da terra. Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe; e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais em continuação foram formadas, quando nem ainda uma delas havia." Salmos 139:14, 15 e 16

"Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido." 1 Coríntios 13:12

Um comentário:

CRIS disse...

Também penso muito a respeito da vida que vivo e que talvez poderia ter vivido, mas em todas as ocasiões percebo que, se poderia ter sido melhor, também poderia ter sido pior, e sempre chego a conclusão que Deus esteve sempre comigo, me abençoando, cuidando de mim e me dando o que Ele acha ser melhor para mim. Sou capaz de imaginar mil maneiras de como podia ter sido isto ou aquilo na minha vida, mas não consigo imaginar minha vida sem a presença e o carinho de Deus.