terça-feira, 4 de novembro de 2008

PRÊMIO E CASTIGO (Ainda sobre ELOÁ)



Eu mesmo, não tive filhos. Mas os tive gerado, e muitos, nos meus amados irmãos e irmã. Tive ainda tantos outros gerados no ventre da minha alma. Diga-me então, aquele que escarnece do que soa como poesia; do que me inspira o sentir do meu coração: "Poderia um homem gerar em seu próprio ventre?" E quase desfalece de tanto rir. Tolo! Há pais e mães desprovidos de sabedoria para educar aos próprios que gerou e falta de entendimento para ensiná-los a trilhar um caminho de honra. Sim! Deram antes ouvidos a modernidade que diz aos pais: "NÃO diga NÃO!" Eu, porém digo que é justamente a ausência do Não, como limite aos filhos, na época propícia do seu desenvolvimento, que tem formado, ou deformado tantos jovens que estão estampados hoje, nos jornais e nas páginas policiais. Na contramão da pedagogia suicida dos tempos modernos, está a Palavra da Sabedoria, que exorta os pais: "Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele". E é assim o entendimento daquele que gera no ventre, tanto quanto o que ama da mesma maneira, tendo apenas gerado na alma; formar um ser humano melhor do que as gerações da desobediência.

Mas digo com profundo pesar, que não é esse o entendimento de muitos dos que produzem os conceitos de educação. Os projetos pedagógicos parecem estar voltados apenas ao premiar com o SIM as tolices naturais da criança. Condenar e punir, ainda que com amor, se tornou crime. No mínimo "politicamente incorreto". E a psicologia infantil então: "Dizer: NÃO!Não pode!"

"A estultícia está ligada ao coração da criança, mas a vara da correção a afugentará”.

Um pouco de disciplina;
Um muito de conversa;
Um tantão de exemplos de vida;
Outro monte de NÃOs quando se ama;
Alguns SINs, como prêmio ao certo e não duvidoso; muita perseverança na firmeza e na atitude; horas e horas de amor presente, nas brincadeiras e nos afagos; umas coisinhas a mais aqui, outras ali, pequenas concessões que não comprometem o que se construiu e...pronto, está construído um ser melhor do que eu ou você. "Não retires a disciplina da criança; pois se a fustigares com a vara, nem por isso morrerá". E hoje, essa "vara" é exatamente o significado de disciplina e correção. O princípio que torna o homem de amanhã, responsável com os seus limites e com os limites do seu próximo. Se na tenra infância, enquanto o egoísmo e o ciúme estão saindo pelos hormônios do caráter em formação, a autoridade e a responsabilidade devem ser inculcadas na criança, para que ela se torne o cidadão melhor de amanhã e de depois de amanhã.

"A vara e a repreensão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma envergonha a sua mãe". Talvez seja isso o que agora passa, como um filme de arrependimento, na mente de muitos dos pais que choram agora, ao observarem espantados, seus filhos nas páginas policiais. O pior disso, é que eles estão reproduzindo a educação que muitos desses pais, tiveram. "Há uma geração que amaldiçoa a seu pai, e que não bendiz a sua mãe". E se aos pais não se dedica obediência e honra, que dirá daquele entregue apenas a desobediência cínica? Se em seu coração não existe respeito aos que o criaram, que é o primeiro mandamento bíblico como promessa: "Honra o teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR teu Deus te dá". Então! Como ele respeitará as leis, regras e limites impostos na sociedade, para o convívio civilizado? Como?

E então essa criança "malcriada", estará à mercê dos maus do mundo e do mal. Sua educação agora sofrerá a formação da "deformação" que impera nas ruas, nos morros e favelas, nas 'rodinhas' de más companhias... Com algum talento, poderá se tornar um líder, um político inescrupuloso até quem sabe, mas a estatística é desfavorável, e a "criança" de caráter malformado "envergonhará seus pais".

Quem sabe invadindo casas e seqüestrando pessoas;
Assaltando e matando idosas ou turistas;
Traficando drogas, armas, pessoas ou influências;
Arrastando crianças pelo asfalto até a morte;
Assassinando a pauladas os pais, enquanto dormem;
Prostituindo-se todo por nada;
Entregando sua virtude por uns trocados, em uma boleia de caminhão, numa estrada qualquer;
Matando uma adolescente por um par de falsificado ou por uma máquina digital barata;
Encharcando um indígena que dorme, com gasolina e tocando-lhe fogo só por diversão;
Invadindo armado sua escola e tirando a vida de colegas e professores; e tantos outros crimes de vida ou de morte.

"Tu a fustigarás com a vara, e livrarás a sua alma do inferno".

Que filhos queremos para nos substituir?
Que herdarão os filhos dos nossos filhos perdidos?
Que será da geração que não aceita um NÃO como resposta; que não tem limite?

Seria talvez diferente se a vara da disciplina, da correção e do limite, fosse usada, agora Eloá estaria mostrando seu sorriso, e com o seu coração batendo vivo no próprio peito? Hein?

Aquele que nos quer por amor, e que nos tem provado por causa da desobediência dos nossos corações, nos diz com carinho de PAI amoroso: "Dá-me, filho meu, o teu coração, e os teus olhos observem os meus caminhos".

Há no seu coração agora, aconchego para essa palavra, do mesmo modo que há no calor do ventre da mãe que ama a criança que ainda vai nascer? Se há, então podes reconhecer naquele olhar estupidificado do que não recebeu um NÃO por resposta, a ausência da vara que educaria?

Se nós não educarmos hoje, quem os educará? Quem lhes mostrará a diferença de PRÊMIO e CASTIGO; quem lhes dirá "Não" quando ele somente souber o que é "Sim": Quem hein!


Você que vê, viu? Você que ouve; ouça!

"Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará. Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha. Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos. Porque o SENHOR conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá".

2 comentários:

Leandra Rezende Palazzo disse...

Nossa tio, essa mensagem foi profunda! E eu concordo plenamente com o senhor, os pais de hoje acham que se baterem em seus filhos não estaram os ajudando, acham que não é certo, sendo que na própria bíblia está escrito que tem que se educar as crianças!! Tomara que esse pais caiam na real e vejam que o que eles tem que fazer, é educar enquanto é tempo, porque se não depois pode ser tarde! Amei suas palavras, concordo e assino em baixo: rsrs
Leandra Rezende Palazzo

Do Carmo* disse...

Amigo querido estou lendo aos poucos k vc enviou/
Acho tudo muito correto;vc sabe hoje os Pais
não dão amor aos Filhos.não estou generalizando e sim o k estamos vendo nas crianças de hoje homens do futuros;crescem;ficam perdidos:Pois é só comprar;comprar e caros os k podem; sair e voltar a qualquer hora;namoro há não tem limite:com o rapaz ou a moça;antes de [casarem]é melhor k estar na Rua! a Liberdade é muita hoje em Dia !trabalhar p que ?estudar p se Formar ter um DR. mais {quem pode]os que ficam; Não!! podem??ficam as vezes na Rua; SEM FAZER NADA;nada; porque;não tem estudo ;oportunidades então entra as drogas; amizades erradas;etc;etc.não sou a dona da verdade!mais amigo esta geração se não tiver um pulso dos Pais ou responsáveis n sei o k sera desta turma k vem crescendo. Pode dizer k não; mais uma educação bem dada;respeito dos mais Velhos vc hoje não ve:ter uma Religião seja qual for: ter muita Fé em Deus /é a base mais vem dentro da nossa casa;cabe a nós Educar chamar atenção.colocar limites dar;responsabilidades; sempre estar por perto;Amigo:Educar Cansa} e hoje a Vida é corrida então vamos como eu disse brinquedos caros;Viagens etc etc.Amar sempre e Vigiar sempre:
Parabéns por vc expressar tão bem.
Admiro muito seu trabalho!! Fica com Deus e beijsss da amiga"
que te quer bem de verdade" mesmo Virtual temos k ter sorte p encontrar pessoas boas eu tive VC"""Beijokinhas::